logo-site
14 06

América reage contra o Internacional, mas amarga empate em casa na Série B

Coelho saiu atrás, melhorou no 2º tempo e teve chances de virar no Horto

América e Internacional fizeram um duelo digno de quem busca retornar à Série A do Campeonato Brasileiro o quanto antes. Em uma partida aberta, nesta terça-feira, no Independência, o Coelho ainda pecou pela instabilidade durante os 90 minutos e teve que lutar para buscar o empate pela 7ª rodada da Série B. Nico López marcou para o Colorado, aos 18′ do 1º tempo e, só depois da volta do intervalo, com a boa entrada de Matheusinho, é que a equipe mineira conseguiu ser superior no confronto. Rafael Lima fez o gol da igualdade, aos 7′ do 2º tempo.

O empate em casa sai pior na conta do Coelho, que segue cada vez mais distante do G4. O América chega aos nove pontos e continua estacionado na 12ª colocação. O Inter também deve lamentar o resultado pois acabou deixando o grupo dos quatro melhores na tabela. O Colorado agora está na 5ª posição.

Na próxima rodada da Série B, o América tem um confronto direto contra o Oeste. A equipe paulista vem de empate contra o Londrina e está na 8ª colocação na tabela, com 10 pontos. O jogo está marcado para as 21h do sábado, na Arena Barueri, no fechamento da rodada. No mesmo dia, às 16h30, o Internacional

O jogo – O duelo entre América e Internacional começou equilibrado, com as duas equipes encontrando espaços nas intermediárias. D’Alessandro aproveitava para articular as ações ofensivas do Colorado e o Coelho sentiu a falta de Ruy na criação. No entanto, uma mudança forçada no ataque gaúcho mudou o panorama da partida logo aos 5 minutos. William Pottker sentiu uma fisgada na coxa e deixou o campo de maca. Guto Ferreira colocou Nico López em campo e a movimentação do uruguaio deu muito trabalho a uma defesa americana que não esteve em seus melhores dias.

O América tinha conseguido boa infiltração aos 9′, e Danilo Fernandes fez boa defesa em chute rasteiro de Bill. Da mesma maneira, e com muito espaço para agir, o meio-campo colorado encontrava o trio ofensivo com grande movimentação de Nico López, Carlos e Marcelo Cirino. Aos 18′, após triangulação pela esquerda D’Alessandro cruzou para o atacante uruguaio chegar livre pela direita e completar no canto oposto de João Ricardo. 0 a 1.

O Coelho sentiu o golpe nos minutos seguintes. O Inter usava a mesma jogada de infiltração e por pouco não ampliou aos 22′. Nico López entrou na área e tocou por cima do goleiro americano. Norberto chegou antes de Carlos e cortou para escanteio. Ainda se defendendo, o América poderia ter igualado aos 29′. Luan recebeu passe de Bill e foi tocado por Edenílson na área. O árbitro Antonio Dib Moraes de Sousa não assinalou a infração e mandou seguir o lance. O Inter aproveitava os espaços no setor defensivo direito americano, que tinha dificuldades nas coberturas.

Sentindo falta de mais criação pelo meio, Enderson Moreira colocou Matheusinho no lugar de Gérson Magrão já na volta dos vestiários. A mudança surtiu efeito e, bem posicionado, aos 7′, o jovem meia já dominava uma bola na intermediária ofensiva quando sofreu falta que acabou no gol de empate do Coelho. Norberto levantou na área e Rafael Lima tocou de cabeça, tirando de Danilo Fernandes. 1 a 1.

O jogo voltou a ficar aberto, porém com as duas equipes errando muitos passes. O América encaixa mais tabelas entre o meio, com Matheusinho, e as pontas, com Luan e Hugo Cabral. Aos 20′, por pouco o Coelho não virou com Luan. O atacante chegou um segundo atrasado e não conseguiu completar cruzamento rasteiro de Hugo Cabral. A resposta do Inter veio dois minutos depois. Cirino arriscou de fora, com desvio em Messias e João Ricardo salvou com a ponta dos dedos. A bola ainda explodiu na trave americana antes da defesa afastar.

O América seguiu melhor na partida, pressionando a saída de bola do Inter ainda no campo adversário. Com o maior volume do Coelho, o técnico Guto Ferreira trocou Rodrigo Dourado por Charles e conseguiu travar o jogo no meio-campo. Enderson Moreira ainda tinha duas alterações e demorou um pouco a mudar a equipe. Com os dois pontas cansados, só aos 39′, o treinador colocou Renan Oliveira na vaga de Luan. Christian ainda entrou no lugar de Zé Ricardo, aos 42′, mas não foi possível buscar a virada. Empate meio amargo para o Coelho em casa nesta terça-feira.

*Estado de Minas

Gostou do Post? Compartilhe:
Deixe seu comentario