logo-site
07 06

Itaurb descentraliza coletores de lixo

Empresa de Desenvolvimento de Itabira (Itaurb) iniciou hoje (6), o processo de descentralização dos serviços de coletas orgânica, seletiva e de apoio. A empresa pretende otimizar os serviços e economizar no operacional.

Todos os coletores que iniciavam a jornada de trabalho na Gerência de Transporte e Manutenção – rua Turmalina, nº 143, bairro Areão – local que também abriga a frota de veículos da empresa (garagem), passam a trabalhar nos pontos de apoio conforme sua área de atuação ou na Central de Resíduos e Reciclagem – rua Ormindo Dias Lage, nº 400, bairro Bela Vista – neste caso, a turma da coleta seletiva. Os veículos também ficarão nos devidos núcleos para atender às equipes de coleta.

De acordo com o diretor administrativo da Itaurb, Cláudio José dos Santos, em municípios de mesma extensão ou maior que Itabira, esse processo já foi aplicado para melhorar a eficiência da limpeza urbana. “Diante do crescimento de Itabira, é necessário aperfeiçoar a logística na distribuição dos veículos, além de reduzir o deslocamento dos funcionários”.

Para Sebastião Onofre Silva, diretor-presidente da Itaurb, além de criar condições mais favoráveis à logística, a descentralização irá descongestionar a garagem, “o que proporcionará aos moradores da rua Turmalina, menor fluxo de caminhões”, ressaltou. Ainda segundo ele, a empresa também economizará com combustível, “já que não teremos que deslocar as turmas, todos os dias, para os devidos locais de trabalho”.

Na prática

Os 71 coletores da Itaurb serão divididos nos 13 pontos de apoio da empresa – Areão (rua Turmalina, nº 105), Areão (garagem), Centro de Apoio Panorama, Esplanada da Estação, Fênix, Gabiroba, Novo Amazonas, Pará, Pedreira do Instituto, Pico do Amor, Praia, Rodoviária e Central de Resíduos e Reciclagem (triagem) – que oferecem todas as condições de trabalho para os funcionários, tais como registro de ponto, sanitários, refeitório etc.

Os núcleos de apoio também são utilizados pelo setor de segurança do trabalho para as distribuições dos equipamentos de proteção individual (EPI) e de uniformes operacionais, esse último, a Itaurb entrega a cada seis meses. “Fizemos a última entrega em dezembro do ano passado e o processo licitatório já está em andamento para as novas compras”, explicou Cláudio Santos. Ainda segundo o diretor, os pontos de apoio oferecem refeitório para os funcionários se alimentarem. “A Itaurb nunca forneceu almoço para os funcionários, são fornecidos café, leite e pão nos turnos manhã e tarde”.

*Sitedanana.com

Gostou do Post? Compartilhe:
Deixe seu comentario