logo-site
09 09

Conjuntivite: Nem todos os casos são contagiosos

Conjuntivite na mulher

A conjuntivite é uma de inflamação da fina membrana que protege a parte branca dos olhos chamada conjuntiva e pode surgir de vários fatores que, em 99% dos casos externos. As causas são várias, mas os sintomas que incomodam são praticamente os mesmos.

A conjuntivite costuma durar cerca de 15 dias, mas os sintomas são mais forte apenas nos primeiro dias e se não deixa sequelas. Embora o tratamento seja simples é importante consultar o oftalmologista para diagnosticar a causa e tratar a infecção de maneira correta e segura uma vez que os olhos são sensíveis e requer muito cuidado e atenção.
Causas da conjuntivite

A conjuntivite pode causada por três fatores que determinam sua classificação.

Conjuntivite bacteriana ou infecciosa: Causada por contágio com objetos contaminados como uso de maquiagem de terceiros, aperto de mão ou outra forma de contato direto com a pessoa doente. Além dos sintomas comuns a todas as manifestações da doença, nesse caso chegam a ficar purulentos e doloridos. É altamente contagiosa.

Conjuntivite irritativa: Consequência do contato dos olhos com alguma substância química como cloro, fumaças, sabonetes e produtos de limpeza. Ocorre nos dois olhos ao mesmo tempo e não é contagiosa.

Conjuntivite alérgica: È uma reação a alguns cosméticos, perfumes, poeira ou outros tipos de pó. Também acontece ao mesmo tempo nos dois olhos e não há risco de contágio.

Com exceção de alguns sintomas diferenciados citados acima os principais sintomas da doença são comuns a todas as formas de manifestações da doença. Independente das causas, os sintomas comum a todas as formas da doença são :
– olhos vermelhos, lacrimejantes e inchados
– sensibilidade à luz
– coceira
– sensação areia nos olhos

Em alguns casos aparecem irritação de garganta, febre, coriza, oque faz com que esses sintomas sejamconfundidos com gripe ou resfriado.

Para aliviar os sintomas é recomendado lavar os olhos com bastante água fervida e fria. Somente isso. Nunca coloque nada nos olhos sem orientação médica.
Em casos de conjuntivite bacteriana há riscos de contágio, sendo necessários alguns cuidados.

Medidas simples para evitar o contagio em casos de conjuntivite infecciosa ou bacteriana
– Não coçar os olhos pois aumenta a irritação
– Lavar as mãos com bastante frequência
– Evitar contato muito próximo e direto com a pessoa doente
– Não compartilhar objetos de uso pessoal como as roupas de cama, lenços, toalhas.

Somente o médico oftalmologista pode diagnosticar o tipo de conjuntivite e prescrever a medicação para um tratamento eficaz e sem riscos.

]*diariofeminino.com

Gostou do Post? Compartilhe:
Deixe seu comentario